Pedro Piquet vence de ponta a ponta e é o quarto piloto do clã a triunfar em Cascavel

Piloto Autotrac quebra novamente o recorde da pista no quali, com média superior a 200 km/h

Previous Image
Next Image

Novamente de ponta a ponta.

Assim foi a vitória de Pedro Piquet em Cascavel, na tarde ensolarada deste sábado (29), em mais uma etapa da Fórmula 3 Brasil. Absoluto na pista, Pedro manteve a hegemonia da família Piquet no traçado. Ele é o quarto no clã a subir no lugar mais alto do pódio do Oeste Paranaense. O primeiro foi seu pai, Nelson (Supervê-1974), seguido de seus outros dois irmãos Nelsinho (F3 Sul Americana-2001) e Geraldo Piquet, com F-Truck em 2007.

O embalo para uma corrida perfeita começou ainda no treino classificatório, também neste sábado. O piloto da Ces·rio F3 superou o antigo recorde da pista, imposto por ele mesmo no último treino livre da sexta-feira. Com o tempo de 54s751, e velocidade média de 201 km/h, ele tornou-se o novo detentor do recorde do circuito.

“Foi bem tranquilo, com uma corrida dentro do planejado. Acabei pegando um pouco de trânsito, algo natural para uma pista rápida e curta, e vi que poderia manter a posição até o final. Não quis arriscar mais”, disse o piloto. “Penso que largar em sexto neste domingo será interessante. O importante é que a equipe tem trabalhado forte para manter um bom carro e isso tem feito a diferença”, analisou o piloto.

A sexta vitória consecutiva em 2015 fez Pedro Piquet abrir vantagem na tabela do campeonato. O brasiliense agora conta com 108 pontos conquistados contra 77 de Matheus Iorio, a três etapas do final da temporada. Assim, ele se aproxima ainda mais de seu bicampeonato na categoria.

A programação da F3 em Cascavel termina neste domingo, às 9h00, com a segunda corrida tendo o grid definido pela ordem de chegada da primeira, com inversão das seis primeiras posições no grid. Os canais Sportv exibem as provas da F3 Brasil em VT na semana seguinte.

Resultado Corrida 1 – FÓRMULA 3 BRASIL

1-) 1 Pedro Piquet (Cesário F3) – 31 voltas em 31min13s001 (média de 182,2 km/h)
2-) 9 Christian Hahn (Hitech Racing) – a 10s392
3-) 31 Nicolas Daperó (Prop Car Racing) – a 12s767
4-) 13 Rodrigo Baptista (Prop Car Racing) – a 16s832
5-) 34 Matheus Iorio (Cesário F3) – a 1 volta
6-) 55 Igor Fraga (Prop Car Racing)* – a 1 volta
7-) 91 Leonardo de Souza (Kemba Racing) – a 1 volta
8 -) 28 Artur Fortunato (A.Fortunato F3 Racing) – a 1 volta
9-) 3 Ryan Verra (RR Racing) – a 2 voltas
10-) 27 Matheus Muniz (Prop Car Racing)* – 4 voltas
11-) 54 Carlos Cunha (CF3) – a 7 voltas
Não completaram 75%
12-) 84 Fernando Croce (Hitech Racing) – a 24 voltas
13-) 77 Guilherme Samaia (Cesário F3)* – a 29 voltas

Volta mais rápida: Nicolas Daperó, 56s438 (195,1 km/h)

* Classe LIGHT.

Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas