Pedro Piquet encerra temporada da F3 Brasil com final de semana perfeito em Goiânia

Nelsinho Piquet é destaque em prova da Fórmula E na Malásia, mas pódio escapa ao ser prensado no muro no final

Previous Image
Next Image

240407_457833_pedro_piquet_corrida_1_goiania_sabado_2014__10_

 

Com o mais velho andando de Fórmula E e o mais novo encerrando a temporada na F3 Brasil, os irmãos Nelsinho e Pedro Piquet se destacaram na Malásia e em Goiânia neste final de semana.

O desfecho foi melhor para Pedro, 16, com mais um final de semana perfeito para coroar o título da F3 Brasil: venceu as duas corridas do final de semana com a melhor volta em ambas. Já Nelsinho esteve o tempo todo entre os cinco primeiros da prova, mas foi forçado a abandonar o segundo ePrix da história ao ser prensado no muro por Jarno Trulli em duelo pela vice-liderança a cinco voltas do final.

“O carro estava muito bom. Foi um final de semana duro, com corrida no seco e no molhado. Fico contente por ter vencido as duas e agradeço todos no time pela temporada”, afirmou Pedro.

O sábado começou com pista seca em Goiânia, com Pedro liderando os dois treinos livres. Na tomada, em pista molhada, ele fez o quarto tempo. Na sexta volta, graças a ultrapassagens por dentro e por fora, já havia assumido a liderança na primeira bateria. Então levou até a bandeirada.

Com tempo seco na manhã de domingo, o piloto da equipe Cesário F3 largou em sexto pela inversão do grid e avançou até a liderança na primeira metade da prova.

O piloto Autotrac conquistou 12 vitórias em 16 provas no ano, com seis poles em oito etapas e apenas um abandono. Sua primeira temporada com carros de corrida foi coroada com o título com duas etapas de antecedência. Pedro Piquet só esteve fora pódio em duas provas em 2014.

Já para Nelsinho o primeiro pódio do ano na Fórmula E esteve perto na segunda etapa da temporada, disputada na madrugada de sábado em Putrajaya, capital administrativa da Malásia.

O competidor do team China Racing cravou o sexto tempo no grid e foi protagonista do segundo ePrix da história. Depois de superar um adversário na largada e outro na pista na primeira metade da prova, o carro #99 saiu do box em quarto lugar após a janela de paradas. Nelsinho então abriu ataque a Lucas di Grassi, até realizar a ultrapassagem. Ele então se aproximou de Jarno Trulli e emparelhou o carro por fora em disputa pelo segundo lugar na entrada do Grampo -para ser prensado pelo concorrente no muro a cinco voltas do final.

“Não entendi a manobra dele, pois já havia tirado o carro para dentro para defender a posição. Foi uma pena abandonar porque tinha equipamento para brigar pelo pódio. A nota positiva foi a evolução do carro da primeira corrida para esta. Aprendemos muito na Malásia e vamos com força para a próxima etapa, em Punta del Este”, avaliou Piquet Jr.

No dia 13 de dezembro, os dois irmãos Piquet estarão novamente na pista. Nelsinho corre o terceiro ePrix da temporada no balneário uruguaio, enquanto Pedro está confirmado nas 500 milhas de kart.

F3 Brasil – Goiânia 1 (top10):

  1. Pedro Piquet
  2. Sérgio Sette Câmara
  3. Lukas Moraes
  4. Matheus Leist
  5. Bruno Etman
  6. Victor Miranda
  7. Mauro Auricchio
  8. Fernando Croce
  9. Ryan Verra
  10. Artur Fortunato

F3 Brasil – Goiânia 2 (top10):

  1. Pedro Piquet
  2. Vitor Baptista
  3. Bruno Etman
  4. Raphael Raucci
  5. Matheus Iorio
  6. Fernando Croce
  7. Mauro Auricchio
  8. Ryan Verra
  9. Matheus Leist
  10. Artur Fortunato

Fórmula E – Putrajaya (top10):

  1. Sam Bird
  2. Lucas di Grassi
  3. Sebastien Buemi
  4. Nicolas Prost
  5. Jerome d’Ambrosio
  6. Karun Chandhok
  7. Oriol Servia
  8. Antonio Felix da Costa
  9. Jaime Alguersuari
  10. Daniel Abt

Fórmula E – Campeonato após duas etapas:

  1. Lucas di Grassi 43 pontos
  2. Sam Bird 40
  3. Franck Montagny 18
  4. Nicolas Prost 18
  5. Jerome d’Ambrosio 18
  6. Karun Chandhok 18
  7. Sebastien Buemi 15
  8. Charles Pic 12
  9. Oriol Servia 12
  10. Nelson Piquet Jr. 4