“Kamikaze move” e desgaste de pneus tiram Pedro Piquet da briga pelos pontos na Hungria

Na segunda corrida deste sábado, brasileiro ganha posições e se aproxima da zona de pontuação, mas vê corrida ser arruinada por adversário russo

Previous Image
Next Image

Pedro Piquet teve um sábado bastante movimentado e de grande aprendizado em Hungaroring, mas não conseguiu converter isso em pontos na segunda corrida do dia graças a uma colisão causada pelo russo Nikita Mazepin na briga pela 12ª posição.

Na segunda prova, o bicampeão da Fórmula 3 Brasil largou muito bem da 15ª posição, ultrapassou adversários nos primeiros metros de prova e escapou de uma confusão na primeira curva para terminar a primeira volta em 12º. Depois, o brasiliense de 17 anos se envolveu em bela disputa com o sueco Joel Eriksson, chegou a ser ultrapassado, mas recuperou a posição numa ousada manobra para se recolocar em 12º.

Mas quando estava colado a um pelotão que ia até o oitavo colocado, portanto dentro da zona de pontuação, Piquet foi literalmente atropelado por Nikita Mazepin. Na batida, Pedro caiu para 15º e ainda conseguiu finalizar em 14º.

“Larguei bem, mas é bem difícil de passar nessa pista, só se você estiver muito mais rápido do que quem estiver na frente. Cheguei num bolo ali, fiquei ali e um outro piloto fez uma ‘kamikaze move’ e bateu na minha traseira. Ele até tomou uma punição para a corrida de amanhã e uns pontos na carteira. A gente está aprendendo sobre o carro e vai fazer umas mudanças para ver se fazem diferença amanhã”, explicou o jovem brasiliense.

Mais cedo, na primeira prova do dia, o piloto patrocinado pela Petrobras também conseguiu ganhar posições. Largando de 16º, ele subiu três postos mas o desgaste severo de pneus atrapalhou e Piquet terminou em 13º.

“Na primeira corrida eu tive uma largada mais ou menos porque estava do lado sujo da pista no grid, e foi a corrida de Fórmula 3 que mais gastou pneu na história, porque tinha cara que estava virando 1min33 na classificação e 1min37 na corrida. Teve dois ou três pilotos que desistiram porque não aguentavam andar daquele jeito. O nosso carro até que se comportou bem, comparado com outros”, observou.

Com apoio da Mercedes e da Autotrac, Pedro Piquet larga na 16ª posição na terceira prova da rodada de Hungaroring, neste domingo, a partir das 5h35, com transmissão ao vivo do site oficial da FIA F3 Euro.