Em Washington, Nelsinho Piquet vence pela primeira vez no rallycross

Primeiro brasileiro da história a vencer na GP2, A1GP e Nascar, campeão mundial da Fórmula E emplaca bandeira do País no alto do pódio do Red Bull Global Rallycross Championship

Previous Image
Next Image

Nelsinho Piquet é o primeiro piloto brasileiro a vencer um evento de primeira linha do rallycross internacional. O brasiliense de 30 anos de idade acelerou com autoridade na etapa do Red Bull Global Rallycross Championship em Washington DC: cravou o segundo tempo no quali, liderou todas as voltas das duas baterias eliminatórias, bem como na semifinal e na final. O sueco Patrik Sandell e o americano Ken Block compuseram o pódio.

Não é a primeira categoria em que Piquet Jr emplaca a bandeira brasileira no alto do pódio. O campeão mundial da Fórmula E foi o primeiro representante do País a vencer na GP2 (em Spa-Francorchamps, na temporada de 2005), o único a vencer na A1GP (na primeira corrida da história da categoria, em Brands Hatch também em 2005) e o único com vitórias na Nascar (quatro triunfos, em ovais e mistos, por três categorias diferentes sendo duas nacionais).

Foi também a primeira vitória da equipe SHR Rallycross no GRC.

“É mais um dia muito especial para mim. Há menos de dois meses ganhamos um título mundial em Londres e agora fico muito contente por subir no alto do pódio em Washington. Agradeço a todos do time pelo carro que me deram nesta etapa. Agente vinha batendo na trave no rallycross e fico muito honrado de vencer um evento contra tantos adversários formados em offroad”, afirmou o piloto do Ford Fiesta ST#07, que teve mais uma vez a Hydroxycut como patrocinadora principal.

Esta é a segunda temporada completa do piloto no GRC: em 2014, ele foi quem mais tempo passou no topo da tabela, fechando sua jornada de estreia com um quarto lugar no campeonato.

A vitória inédita com um carro turbo e 4×4 na categoria que mescla trechos de terra e asfalto (além de um salto por volta) selou uma das semanas mais intensas de trabalho do piloto. Antes de tomar o champanhe no alto do pódio na capital americana, ele acelerou outros dois carros completamente diferentes: segunda e terça participou da pré-temporada da Fórmula E na Inglaterra, e quinta testou o Fórmula Indy da equipe Penske na Califórnia antes de voar para a Costa Leste americana para a sétima etapa do GRC.

“Sempre digo que lugar de piloto é na pista e fico feliz por poder praticar isso na minha vida. Tive longas e desgastantes viagens nesta semana. Mas não tem melhor recompensa que a vitória.”

A próxima parada da temporada 2015 acontece em Los Angeles, com a rodada dupla dos dias 12 e 13 de setembro. Antes disso porém, Nelsinho reassume o carro #1 do Nextev TCR com o qual tentará defender seu título na Fórmula E, para a jornada final da pré-temporada em Donington Park.

GRC – Washington – Final:

1. Nelson Piquet Jr
2. Patrik Sandell
3. Ken Block
4. Steve Arpin
5. Tanner Foust
6. Sebastian Eriksson
7. Scott Speed
8. Austin Dyne
9. Jeff Ward
10. Joni Wiman