Pedro Piquet viaja para a Áustria e encara penúltima rodada tripla na temporada da FIA Fórmula 3 Euro

Bons testes com a equipe Van Amersfoort no começo do ano deixam piloto brasileiro otimista para somar mais pontos no campeonato

Previous Image
Next Image

Depois de terminar em terceiro lugar na abertura da Porsche Império GT3 Endurance no Velo Città, Pedro Piquet volta a virar a chave para os monopostos, e disputa neste fim de semana a penúltima rodada tripla do campeonato da FIA Fórmula 3 Euro no circuito de Spielberg.

Após ter realizado proveitosos testes no circuto austríaco no começo do ano, o piloto da Van Amersfoort Racing espera voltar a marcar pontos, fato que ocorreu em sete das nove etapas da temporada-2017 – Piquet tem como melhor resultado um segundo lugar em Norisring.

A pista de Spielberg tem 4.318 metros e é formada por três grandes retas intercaladas por curvas de média/baixa velocidade, além de uma parte final do traçado com curvas mais velozes, nas quais o equilíbrio do carro é fundamental para um bom tempo de volta.

Com pouco desgaste dos pneus e diversos pontos de ultrapassagem, a tendência é de bastante equilíbrio nos treinos e disputas constantes nas três corridas, ao contrário de circuitos como os de Nürburgring e Zandvoort, nos quais uma boa posição de largada era decisiva pela dificuldade de se ultrapassar.

Piquet entra na pista pela primeira vez nesta sexta-feira para os treinos livres e a classificação da corrida de sábado. Após esta bateria, Pedro disputa a segunda classificação, que define o grid das duas provas de domingo.

A bateria de sábado será realizada às 5h40 (de Brasília), enquanto as corridas de domingo têm largada prevista para as 6h05 e 11h55. O site oficial da categoria (www.fiaf3europe.com) transmite as três provas ao vivo.

O que disse Pedro Piquet:

“Eu me preparei no simulador da oficina e foi muito bom, analisamos como foi no ano passado e lembramos os testes deste ano. É uma pista pouco abrasiva, então os pneus duram muito. Os carros ficam na pista a classificação inteira porque os pneus demoram a esquentar. As corridas são bem disputadas, não são aquelas provas em que você fica estagnado, há muitas brigas. É uma pista bem dividida. No primeiro setor são curvas de baixa velocidade e freadas fortes, e a segunda parte tem curvas de alta bem rápidas. Há um pouco de tudo. Andamos bem lá no começo do ano nos treinos, estou animado e parece que será um fim de semana de clima estável”