Pedro Piquet vence pela primeira vez em Interlagos, com a chegada mais apertada do ano

Depois de abrir grande vantagem, escapamento do Dallara se solta e piloto Autotrac conquista 13ª vitória no ano com sufoco nas últimas voltas


Para coroar as duas excelentes temporadas de Pedro Piquet na Fórmula 3 Brasil, só faltava vencer em Interlagos. Agora, não falta mais nada.

Neste sábado, o piloto Autotrac conquistou sua 13ª vitória, a 12ª consecutiva na temporada 2015, e a primeira no traçado paulistano. A conquista parecia tranquila, mas ganhou ares dramáticos no fim.

Pedro Piquet largou com segurança da pole position e conseguiu logo uma liderança confortável, com 20 segundos de vantagem. Mas depois que o escapamento se soltou do Dallara #1, o ritmo de Pedro caiu drasticamente e ele quase foi ultrapassado por Mateus Iorio e Carlos Cunha. Foi a vitória mais apertada de Pedro no ano.

“Na quinta volta eu estava vindo em um ritmo muito bom, de 1 minuto e 28 alto, 1 minuto 29 cravado mas na reta acho que soltou o escapamento e o carro começou a perder potência, não só pelo escapamento como pela eletrônica, já que é tudo conectado, e comecei a perder 1s5, dois segundos por volta mas eu tinha uma vantagem grande para o segundo colocado. Meu companheiro de equipe estava vindo muito rápido, e em uma volta eu dei uma errada grande, perdendo uns dois segundos”, disse Piquet após a corrida.

Já bicampeão da Fórmula 3 Brasil, o piloto Autotrac comemorou a façanha de receber a bandeirada em primeiro lugar num traçado em que grandes campeões já conquistaram vitórias e títulos:

“Em todas as pistas a gente quer ganhar, mas aqui é especial, vi muitas vezes, pela TV, brilharem aqui pilotos como Hamilton e Vettel. Quando você está ali no mesmo luar deles é especial, apesar de, claro, ser uma situação diferente. Mas é apista de maior importância para o automobilismo brasileiro.”

Apesar do susto no fim da prova, Piquet conquistou outra vez o Grand Chelem, quando um competidor consegue a pole position, a melhor volta da prova e vence de ponta a ponta. Neste domingo, o piloto Autotrac se despede da Fórmula 3 Brasil largando da sexta posição, devido à regra do grid invertido. Agora a expectativa é encerrar o ciclo no automobilismo nacional com mais uma vitória.

“No último setor da última volta eles (Carlos Cunha e Mateus Iorio) estavam muito perto mas o Iorio acabou escorregando e subi para a reta com uma vantagem no limite. No final ele chegou colado, mas foi um bom treino para o ano que vem, todas as corridas vão ser assim.”, encerrou o piloto da Cesário F3 , que em 2016 será competidor da equipe Van Amersfoort na Fórmula 3 Euro, considerada a mais forte do mundo na atualidade.

A última prova da temporada da Fórmula 3 Brasil será disputada neste domingo às 16h35 (de Brasília).

 

Resultado da prova deste sábado:

  1. Pedro Piquet – Cesário – 21 voltas
  2. Carlos Cunha – CF3 – a 0.692
  3. Guilherme Samaia – Cesário – a 15.147
  4. Rodrigo Baptista – Prop Car Racing – a 15.950
  5. Matheus Iorio – Cesário – a 20.339 (punido em 20 segundos)

 

Classificação do campeonato:

  1. Pedro Piquet – 198 pontos
  2. Carlos Cunha – 105
  3. Mateus Iorio – 104
  4. Artur Fortunato – 93
  5. Rodrigo Baptista – 91