Pedro Piquet vence mais uma vez de ponta a ponta em Curitiba

Piloto Autotrac faz mais um “grand chelem” e chega a dez vitórias consecutivas na F3

Previous Image
Next Image

A despedida de Pedro Piquet do Autódromo Internacional de Curitiba, sua pista favorita no calendário da F3, começou do jeito que o bicampeão da categoria planejou: vitória de ponta a ponta partindo da pole, com direito à melhor volta da prova.

Foi a décima vitória consecutiva do brasiliense na categoria em 2015. Ele está imbatível desde 26 de abril.

“É a pista onde mais gosto de andar e fico contente de estar indo tudo dentro do planejado. Minha motivação é tentar melhorar sempre e hoje conseguimos”, falou o competidor da equipe Cesário.

Neste fim de semana, o brasiliense também baixou o recorde da categoria no circuito de 3.695 m. Com sua volta da pole em 1min11s137, ele baixou em três décimos a marca que lhe garantiu a posição de honra na etapa realizada em Curitiba em agosto.

“Nunca ninguém tinha virado 1min11 e hoje três ou quatro carros além de mim chegaram nesta marca. Há três ou quatro anos a pole era 1min13 ou 1min14 aqui, então fico feliz por ver o grid mais apertado e os carros todos melhorando. Mostra força da categoria”, disse Piquet, que estreou um capacete branco e vermelho, nas cores clássicas imortalizadas pelo tricampeão Nelson Piquet. “Não sei se fiquei mais rápido com esse casco novo, mas bonito sem dúvida ficou”, brincou o bicampeão.

Neste domingo acontece a segunda bateria da terceira e última passagem da F3 Brasil pela pista da capital paranaense. Pela regra de inversão do grid, o mais jovem representante do clã Piquet nas pistas vai largar em sexto.

 

Curitiba 3 – Corrida 1 (top10):

  1. Pedro Piquet
  2. Matheus Iorio
  3. Artur Fortunato
  4. Carlos Cunha
  5. Nicolas Dapero
  6. Rodrigo Baptista
  7. Christian Hahn
  8. Matheus Muniz
  9. Fernando Croce
  10. Ryan Verra