Pedro Piquet vence de ponta a ponta em Brasília na F3

Mais jovem piloto da família é o quarto Piquet a triunfar em casa

Previous Image
Next Image

222332_401244_pp14_bsbsab6Pedro Piquet sustenta a hegemonia na F3 Brasil. Correndo pela primeira vez de carro em sua cidade, o piloto brasiliense de 15 anos de idade largou da pole, liderou todas as 35 voltas, cravou o giro mais rápido da prova e venceu mais uma vez na temporada. Ele agora tem 75 pontos no campeonato, com 100% de aproveitamento.

Com o triunfo em casa, Pedro honra a tradição da família no Autódromo Nelson Piquet. Ele é o quarto representante da família a vencer “em casa”.

O tricampeão Nelson Piquet foi ao lugar mais alto do pódio em 1996 em prova do Global GT Championship. Em 2002, foi a vez de Nelsinho Piquet largar na pole e vencer a corrida de encerramento da temporada da F3 Sul-Americana. A pista de Brasília marcou também a primeira vitória de Geraldo Piquet na Fórmula Truck, na última etapa do campeonato de 2006.

“Fico muito contente por vencer em Brasília. O carro estava muito rápido e conseguimos mais uma bela performance”, disse o piloto Autotrac.

Depois de encerrar o primeiro treino livre com o segundo tempo, Pedro ficou no topo da classificação no restante do dia. Na tomada de tempo, impôs 0s745 de vantagem sobre Lukas Moraes, o segundo do grid e também na corrida.

Ao longo da corrida, o carro #5 da equipe Cesário F3 foi abrindo vantagem e conseguiu suas melhores marcas na parte final da prova. As duas melhores voltas de Pedro —também as duas mais rápidas da corrida— foram nos giros 28 e 27.

O pódio da prova de abertura da terceira etapa da F3 Brasil em Brasília foi completado por Artur Fortunato no carro #28. Na categoria F3 Light, a hegemonia permanece com a equipe Cesário F3, com nova vitória de Vitor Batista.

A segunda bateria está marcada para 10h45 deste domingo. Como o regulamento determina inversão das seis primeira posições do grid, Pedro Piquet fecha a terceira fila no grid de largada.

Resultado da primeira prova de Brasília (top5):

1. Pedro Piquet
2. Lukas Moraes
3. Artur Fortunato
4. Bruno Etman
5. Vitor Batista