Pedro Piquet se despede de sua pista favorita

Recuperado de fratura na mão esquerda, bicampeão da F3 Brasil retorna a Curitiba para o que pode ser sua última prova pela categoria

Previous Image
Next Image

Com o bicampeonato da F3 Brasil no bolso e recuperado do acidente mais forte de sua promissora carreira, Pedro Piquet desembarca neste fim de semana em Curitiba com apenas uma missão: desfrutar ao máximo na jornada de despedida de seu circuito predileto.

“É minha penúltima rodada dupla na F3 e fico feliz em correr em Curitiba. Vou tentar me divertir ao máximo porque é minha pista favorita em todo o calendário e onde fomos muito dominantes. Andei muito em Curitiba e encaro como uma despedida. Fico até um pouco triste com as notícias que a pista vai acabar no segundo semestre de 2016, porque provavelmente deve ser minha última vez competindo neste autódromo”, afirmou o brasiliense de 17 anos de idade.

Nesta etapa, o piloto do carro #1 terá um novo capacete. Vai competir com o mesmo tom de vermelho do layout imortalizado pelo tricampeão mundial Nelson Piquet. “Vai ficar bonito correr com as cores do meu pai, neste carro que tem pintura inspirada no Brabham dos dois primeiros título dele. Quero aproveitar porque talvez pode até ser minha última prova de F3 no Brasil. Na data da etapa final em Interlagos pode bater calendário com teste na Europa… Então vamos aproveitar o máximo possível e voltar a acelerar”, acrescentou o piloto Autotrac, que em 2016 vai disputar a F3 Euro.

Após sair apenas com algumas escoriações do acidente mais grave de sua carreria –capotou 9 vezes com o Porsche em Goiânia no dia 20 de setembro–, Pedro Piquet tem se dedicado à fisioterapia na mão esquerda, que passou 15 dias imobilizada.

“Fiquei duas semanas com a tala, então fiz o raio-x e o osso que tinha quebrado já estava ok. Aí comecei a fisioterapia na terça da semana passada. No começo a mão nem mexia direito, estava meio travada depois de duas semanas sem mexer. Mas pouco a pouco foi melhorando e agora já fecha toda sem dificuldade. Falta um pouquinho de força ainda, mas como cada dia melhora bastante, acho que estará bom em Curitiba”, relatou o mais jovem representante do clã Piquet nas pistas.

Esta será a terceira passagem da F3 Brasil pela capital paranaense em 2015. Invicto na categoria desde 26 de abril, o representante da equipe Cesário cravou a pole nas outras duas etapas e venceu três das quatro provas na cidade na atual temporada.

A programação da penúltima rodada dupla do calendário determina dois treinos livres na sexta-feira, a tomada de tempo e a primeira bateria no sábado e a corrida final, com inversão das seis primeiras posições do grid, no domingo. Os canais Sportv exibem a F3 Brasil.

 

Sexta-feira, 16 de outubro

9h50 – Treino livre 1

13h20 – Treino livre 2

 

Sábado, 17 de outubro

10h20 – Classificação

13h55 – Largada – corrida 1

 

Domingo, 18 de outubro

10h40 – Largada – corrida 2