Pedro Piquet mira provas de recuperação em Hungaroring

Aumento da temperatura e mudança na aderência da pista entre os treinos livres e os qualis da F3 Euro dificultam a vida dos competidores da Van Amersfoort Racing

Previous Image
Next Image

Uma sexta-feira agitada e difícil para Pedro Piquet. Assim pode ser definido o dia do piloto da Van Amersfoort Racing no circuito de Hungaroring, palco da segunda rodada tripla da temporada da FIA F3 Euro. Depois de passar as últimas semanas trabalhando duro na oficina da equipe e no simulador, Piquet iniciou o fim de semana de forma promissora, mas a mudança nas condições da pista durante o dia e o tráfego atrapalharam.

Tudo começou bem para Pedro, que terminou o primeiro treino livre numa ótima sexta colocação, a apenas 0s5 do melhor tempo. Na segunda prática, porém, Piquet passou a enfrentar dificuldades com a aderência do carro, terminando em 14º.

Na classificação para a primeira corrida do fim de semana, o bicampeão da F3 Brasil não conseguiu encaixar uma volta perfeita no apertado traçado de Hungaroring. Com apenas 20 minutos de sessão, Piquet ficou em 17º lugar.

“Pela manhã a gente estava chegando próximo dos primeiros, o carro estava muito bom, tínhamos melhorado em todos os aspectos. Mas esquentou demais e os treinos de outra categoria, que usam outros pneus, deixaram a pista um sabão, e ficamos bem atrás no tempo”, disse Pedro, que no ano passado correu pela primeira vez em Hungaroring na Porsche Supercup, mas completou apenas sete voltas na prova.

No Q2, Piquet foi o segundo melhor piloto da equipe VAR e conseguiu a 15ª posição para o grid da segunda corrida, apenas um posto atrás do companheiro de equipe Callum Ilott, que já tem um ano de experiência na categoria e venceu uma das provas na rodada de abertura da temporada, em Paul Ricard. A segunda melhor passagem no Q2 proporcionou a Pedro o 16º lugar no grid para a terceira prova.

“Nós tentamos melhorar e o time mostrou que está tendo dificuldades no acerto do carro nessas condições, mas mesmo assim a gente está aprendendo”, completou o brasiliense, que, de olho em corridas de recuperação, promete arriscar logo na largada, momento em que se torna mais possível o ganho de muitas posições.

Neste sábado serão realizadas as duas primeiras provas da programação em Hungaroring, com largadas respectivamente às 5h30 e 9h20 (horário de Brasília). A terceira corrida será disputada no domingo, a partir das 5h35. O site oficial da FIA F3 Euro transmite todas as corridas ao vivo para o Brasil.