Pedro Piquet ganha nove posições com direito a ultrapassagem dupla em Macau

Brasiliense é o piloto que mais evolui, faz manobra mais bonita da corrida classificatória e larga em 12º na prova principal

Previous Image
Next Image

Uma bateria que se mostrava complicada para o brasileiro Pedro Piquet acabou terminando com nove posições conquistadas e a manobra mais bonita da corrida classificatória do tradicional Grande Prêmio de Macau de Fórmula 3. Foi a centésima corrida de sua carreira.

Depois de mais de uma hora de atraso devido à água que caiu das coberturas das arquibancadas na pista, o bicampeão da Fórmula 3 Brasil largou muito bem da 21ª colocação e se livrou das confusões à frente dele para chegar ao fim do famoso retão do circuito de rua já no 14º lugar.

Ainda nos primeiros metros de corrida, o carro de Ye Hong Li decolou por cima de Daiki Sasaki, provocando a entrada do safety car. A relargada foi dada no fim da quarta de dez voltas, e o piloto da Van Amersfoort manteve a posição, mas não por muito tempo.

“Foi muito bom! Fiz uma boa largada, tive um pouco de sorte pra escapar das batidas e ainda passei mais alguns caras antes do safety car”, explicou o brasiliense de 18 anos.

Na abertura da sexta volta, Piquet aproveitou com muita inteligência o vácuo na briga entre David Beckmann e Sam Macleod e, pelo lado de fora, freou mais tarde do que os adversários para conseguir uma espetacular ultrapassagem dupla no fim do retão.

Com pista livre, Pedro aumentou o ritmo e fez a oitava melhor volta da prova num pelotão de 33 carros e não só manteve o 12º lugar como ficou a apenas 0s798 de um lugar no Top 10.

“Depois de passar os dois caras, consegui um bom ritmo, meu carro andava muito bem na reta, e encostei na briga do oitavo ao 11° lugar, mas simplesmente acabou a corrida.”

Chefe da equipe, Fritz van Amersfoort ficou muito satisfeito com a atuação do brasileiro.

“Pedro fez um excelente trabalho, melhorou seu desempenho a cada saída para a pista e sua dupla ultrapassagem foi brilhante! Ele pode conseguir um grande resultado para quem faz sua primeira corrida em Macau”, destacou.

O resultado na corrida classificatória refletiu melhor o potencial do piloto que corre com as cores da Petrobras depois de ele ter sido atrapalhado pelas bandeiras vermelhas no treino de sexta. Na madrugada deste domingo, às 5h50 (de Brasília), Pedro disputa a corrida principal que determina o resultado final do Grande Prêmio de Macau.

“Encontramos um bom acerto para a corrida mas ainda falta melhorar um pouquinho. Mas estou confiante em fazer mais uma boa corrida e conquistar um resultado entre os dez primeiros”, finalizou Piquet.

O site da Federação Internacional de Automobilismo transmite a prova pelo link http://www.fia.com/macau-grand-prix-live-stream