Pedro Piquet explica acidente: “Não deu nem tempo de desviar”

Ileso após batida no Red Bull Ring, brasileiro exalta bom desempenho na primeira corrida do dia até punição e colisão no fim

Previous Image
Next Image

Uma punição e um acidente de grandes proporções atrapalharam os planos de Pedro Piquet de marcar pontos nas duas primeiras provas da rodada tripla da FIA F3 Euro no Red Bull Ring, em Spielberg (Áustria).

Na primeira corrida, o brasiliense de 17 anos saía de sua melhor posição num grid no ano, oitavo lugar. Mas uma passagem pelos boxes como punição por queima de largada o tirou da zona de pontuação quando ele ocupava a quinta posição.

Na 17ª volta, a sete minutos do fim da prova, quando o piloto da Van Amersfoort brigava com o chinês Zhi Cong Li fora do Top 10, os dois atingiram o carro de Ryan Tveter, que estava parado no meio da pista após o americano rodar na Curva Niki Lauda e levantar poeira.

Pedro bateu com força no carro de Tveter, mas só com as rodas, e o carro perdeu velocidade na caixa de brita até bater sem violência nos pneus. O piloto Petrobras saiu ileso, enquanto o americano foi ao hospital, mas acabou liberado, e Li, cujo carro voou alguns metros, teve fraturas em quatro vértebras e no calcanhar.

“Não deu nem tempo de desviar e os fiscais fazerem a sinalização. O Tveter rodou e logo depois o Li bateu nele. E mesmo se a gente tivesse visto, o carro dele estava no meio da pista e não sei se ia dar para parar o carro”, explicou Pedro.

Com o carro de volta aos boxes, os mecânicos da Van Amersfoort trabalharam intensamente e em menos de três horas o carro estava reconstruído. Não foi possível alinhar no grid e Pedro largou dos boxes. Com o carro ainda sem estar 100%, Pedro teve de ir aos boxes e perdeu cinco voltas. No fim, ele terminou em 18º:

“A primeira corrida estava rolando bem, uma pena a punição por causa da queima de largada. O campeonato é muito bom e disputado, demora mesmo para a gente aprender, tem muitas pessoas novas no time também”, disse o piloto, que fez questão de agradecer aos mecânicos da Van Amersfoort Racing o empenho em recuperar o carro #5 entre as duas corridas.

Neste domingo, Pedro disputa a terceira prova da rodada austríaca do campeonato. Ele vai largar na 14ª posição na corrida que começa às 6h20 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do site oficial da FIA F3 Euro.

  • Rafael Braga

    Assisti a corrida e realmente se não tivesse sido punido na 1ª corrida, Pedro terminaria a corrida em 5º ou colocação melhor!!!

    Pedro, parabéns em ter humildade de reconhecer que está aprendendo, das 12 corridas que eu assisti, vc só errou em 1, vc está no caminho certo cara, siga o exemplo do seu pai e trabalhe muito, vc chegara lá!!!!!

    Tb achei legal vc fazer questão de agradecer os mecânicos, gesto bonito, não poderia esperar outra coisa, vc sendo filho de quem é!!!!

    Boa sorte e não desista cara!!!!! Estamos na torcida por vc!!!!!!!!

    Outra coisa, vê se fala com seu irmão para voltar para F1, ele está fazendo muita falta lá!!!!!