Nelsinho Piquet tem desafio inédito pelo campeonato da FIA Fórmula E nas ruas de Nova York

Categoria chega aos Estados Unidos para a penúltima etapa da temporada 2016/17 e brasileiro da NexTEV busca mais pontos na tabela

Previous Image
Next Image

A temporada 2016/2017 da FIA Fórmula E chega neste fim de semana aos Estados Unidos para a penúltima etapa, e Nelsinho Piquet correrá numa das cidades mais famosas do mundo, em Nova York.

A exemplo do que aconteceu na última etapa, em Berlim (Alemanha), a programação do evento prevê duas corridas, no sábado, com 43 voltas e 83,42km de distância, e, no domingo, uma prova mais longa com 49 voltas e 95,06km.

O circuito montado no Brooklyn Cruise Terminal terá 1,947 km, com dez curvas (quatro para a esquerda e seis para a direita), em sentido horário. O traçado mescla uma reta mais longa, com chicanes e curvas de alta, média e baixa velocidade.

Será a segunda vez que Nelsinho correrá em Nova York: em 2014, o brasileiro foi segundo colocado na prova do Rally Cross e, na ocasião, assumiu a liderança do campeonato.

Primeiro campeão mundial da categoria de carros elétricos, Nelsinho Piquet marcou pontos em quatro dos seis fins de semana da temporada e ocupa o décimo lugar na classificação geral.

O piloto da NexTEV busca mais pontos para voltar à briga pelo top6 – além da etapa de Nova York, o campeonato terá mais uma rodada dupla, nas ruas de Montreal, no Canadá.

Os canais Fox Sports transmitem as duas provas do fim de semana.
Programação (horários de Brasília)*

Sábado, 15 de julho
9h – Primeiro treino livre
11h30 – Segundo treino livre
13h – Classificação corrida 1
17h – Corrida 1

Domingo, 16 de julho
8h – Treino livre
10h – Classificação corrida 2
14h – Corrida 2

*sujeita a alterações

 

O que disse Nelsinho Piquet:

“Estou muito empolgado para esta corrida. Disse antes que é impressionante o que a Fórmula E fez ao trazer corridas para algumas cidades icônicas do mundo, e trazer para o campeonato um dos locais mais famosos do planeta como Nova York é maravilhoso. Não tenho dúvidas de que será um dos momentos mais importantes da Fórmula E. Tivemos alguns resultados promissores este ano, principalmente nas classificações, então se o circuito nos favorecer um pouco mais, meu desejo é lutar pela Super Pole nos dois dias e tentar converter isso em bons resultados nas corridas. Temos de sair de Nova York com bons pontos”