Nelsinho Piquet quer seguir a receita da temporada para buscar título na Fórmula E em Londres

Líder na classificação, piloto do Nextev TCR pode ser o primeiro brasileiro a erguer título em categoria mundial de monoposto chancelada pela FIA desde 1991

Previous Image
Next Image

Nelson Piquet Jr era uma criança de seis anos de idade em 1991, ano da última conquista de um brasileiro em campeonato mundial de monoposto chancelado pela FIA. Neste fim de semana, na rodada dupla de encerramento da pioneira temporada da Fórmula E em Londres, ele pode encerrar o jejum iniciado após o tricampeonato mundial de Ayrton Senna na F1.

Líder da temporada com 17 pontos de vantagem sobre o segundo colocado e 23 sobre o terceiro, o brasiliense do Nextev TCR entende que, neste momento decisivo, a chave para a conquista é não inventar e seguir a mesma dinâmica de trabalho adotada ao longo do campeonato.

“Temos feito um trabalho consistente, sem nenhum erro, sem batida nem confusão. É isso que vamos buscar novamente em Londres, sem inventar história”, afirma o competidor do carro #99, que na semana passada teve seu vínculo estendido com a escuderia.

Nelsinho vem de sete top5s nas últimas sete provas, série que inclui as vitórias nos ePrix de Long Beach e Moscou. De quebra, ele venceu as últimas quatro enquetes do Fan Boost, eleição no site oficial da Fórmula E que premia os três competidores mais votados com uma carga adicional de energia em cada um dos dois carros usados nas provas e sustentava a primeira posição na noite de ontem.

Com 60 pontos em jogo no fim de semana decisivo, seis pilotos conservam chances matemáticas de título. A Fórmula E segue o padrão FIA de pontuação (25 pela vitória, 18 para o segundo lugar, 15 para o terceiro etc) e confere ainda dois pontos ao autor da melhor volta da prova e mais três para quem cravar a pole-position.

A pista dos ePrix londrinos foi montada em um traçado de 2,92 km e 17 curvas às margens do rio Tâmisa, no Battersea Park.

As provas de sábado e domingo têm a mesma programação, com dois treinos livres, a tomada de tempo e os ePrix. Os qualificatórios e as corridas acontecem às 8h e 12h (horário de Brasília) e têm transmissão ao vivo pelos canais Fox Sports.

Classificação – Fórmula E (após 9 de 11 etapas):

1. N. Piquet Jr 128
2. L. di Grassi 111
3. S. Buemi 105
4. N. Prost 82
5. J. D’Ambrosio 77
6. S. Bird 68
7. JE Vergne 55
8. A. Felix da Costa 51
9. D. Abt 32
10. N. Heidfeld 31