Nelsinho Piquet é o primeiro campeão da história da Fórmula E

Brasiliense assegura título por um ponto em dramática corrida em Londres

Previous Image
Next Image

Nelson Piquet Jr é o primeiro campeão da história da Fórmula E.

O piloto brasiliense terminou em sétimo lugar o ePrix de Londres neste domingo, foi a 144 pontos e superou o suíço Sebastien Buemi por um ponto na tabela de classificação.

É primeira conquista de um piloto brasileiro em campeonato mundial de monoposto chancelado pela FIA desde o tricampeonato mundial de Ayrton Senna na F1 em 1991.

O capítulo final do campeonato fez jus ao dramático roteiro que foi a jornada de Nelsinho na pioneira categoria para carros elétricos. Último piloto confirmado no grid, o brasiliense entrou na Fórmula E sem sequer saber se teria como competir além da quarta etapa do calendário.

De desacreditado passou a protagonista.

Venceu duas corridas e nada menos que seis enquetes do Fan Boost, eleição no site oficial da categoria que premia os favoritos do público com uma dose extra de energia em seus carros.

A tomada de tempo deste domingo na travada pista londrina começou com pista seca. Mas pouco antes do piloto do Nextev TCR ir para suas voltas lançadas o clima da capital britânica mostrou as caras. No piso molhado, Nelsinho ficou apenas com o 16º tempo no grid.

“Sabia que seria muito difícil, largando de onde a gente estava. Combinei com o time de não ficarmos falando no rádio sobre o campeonato. A estratégia era concentrar na corrida e acelerar o máximo possível. Não tinha nada a perder e forcei o ritmo ao máximo”, disse logo após descer do carro #99, ainda meio atônito pela conquista.

“Cruzei a linha de chegada e não sabia se tinha sido campeão”, confessou o brasiliense.

Logo na largada, Piquet ganhou nada menos que quatro posições, avançando para 12º. Quando começou a janela para troca de carros, ele era décimo. Ficou duas voltas além dos ponteiros na pista tentando ganhar posições nos pits, mas saiu na mesma posição.

Na 20ª volta a intervenção do safety car agrupou o pelotão, permitindo a Piquet partir para as nove voltas mais importantes de sua carreira de mais de 20 anos.

Usando o Fan Boost na relargada, Nelsinho se aproximou de Oliver Turvey e superou o companheiro no Nextev TCR. Depois surpreendeu o mexicano Salvador Duran, subindo para oitavo.

Buemi então era sexto, e tentou desesperadamente superar Bruno Senna nas duas voltas finais. Mas o sobrinho de Ayrton segurou o suíço da equipe e.Dams chefiada por Alain Prost. E o primeiro título da Fórmula E acabou na sala de troféu do clã Piquet.

ePrix de Londres (top10):

1. Sam Bird
2. J. D’Ambrosio
3. L. Duval
4. B. Senna
5. S. Buemi
6. L. di Grassi
7. N. Piquet Jr
8. S. Duran
9. O. Turvey
10. N. Prost

Classificação final:

1. N. Piquet Jr 144
2. S. Buemi 143
3. L. di Grassi 133
4. J. D’Ambrosio 113
5. S. Bird 103
6. N. Prost 89
7. JE Vergne 70
8. A. Felix da Costa 51
9. L. Duval 42
10. B. Senna 40