Na pista e na terra: Nelsinho e Pedro Piquet abrem vantagem na liderança

Bronze em Charlotte é o quarto pódio de Piquet Jr em cinco etapas do GRC; em Curitiba, Pedro domina F3 com vitória de ponta a ponta

Previous Image
Next Image

229151_421548_np14_clt6Nos Estados Unidos e no Brasil, no asfalto e na terra: a meta dos irmãos Nelsinho e Pedro Piquet era ampliar a vantagem na liderança em suas principais categorias e o objetivo foi alcançado neste sábado.

Em Charlotte, Nelsinho levou o Fiesta #07 da equipe SHR Rallycross novamente ao pódio com o terceiro lugar. Foi o quarto pódio consecutivo do piloto brasileiro em cinco corridas na temporada. O resultado ampliou de 35 para 46 pontos sua vantagem no campeonato.

“Foi um dia muito difícil. Precisamos da repescagem aqui em Charlotte e fico contente com mais um pódio. A pista aqui era quase toda de terra e foi um grande desafio. É positivo abrir vantagem no campeonato contornando as dificuldades que tivemos aqui”, comentou o piloto.

A regularidade tem sido uma das marcas do brasiliense nesta temporada. Ele é um dos três competidores do GRC presentes em todas as finais até aqui e só ficou fora do pódio na prova de abertura em Barbados (acabou em quarto, a 7 centésimos da medalha de bronze).

Mas diferentemente das demais etapas, em Charlotte, a classificação para a prova decisiva só foi possível por causa da repescagem. Segundo mais rápido na tomada, o carro #07 foi segundo na primeira bateria da etapa, mas só quarto na segunda preliminar. Com isso, acabou obrigado a sair da segunda fila na semifinal, terminando fora do grupo classificado para a disputa das medalhas por antecipação.

Na repescagem, com apenas quatro voltas, Nelsinho esperou o melhor momento para usar o “joker” (trajetória mais curta de uso obrigatório em uma das voltas de cada bateria nas provas de rallycross). Ele percebeu que adversários perdiam tempo numa briga à sua frente e se aproximou para então efetuar a manobra pelo atalho e ganhar a prova.

Na final, com dez carros e dez voltas, o cenário foi similar. Piquet largou por dentro da terceira fila e sobreviveu a uma primeira curva caótica, que obrigou a direção de prova a usar a bandeira vermelha. Na segunda largada, o Fiesta #07 perdeu contato com os líderes e pouco a pouco foi recuperando terreno. A duas voltas do fim, novamente usando o joker, Nelsinho saltou de sexto para terceiro e recebeu a bandeira quadriculada atrás de Ken Block e Sverre Isachsen.

A próxima etapa do GRC acontece em Daytona no dia 23 de agosto.

GRC Supercars – Resultado da etapa de Charlotte:

1. Ken Block
2. Sverre Isachsen t
3. Nelson Piquet Jr

4. Joni Wiman
5. Scott Speed
6. Bucky Lasek 
7. Steve Arpin 
8. Tanner Foust
9. Brian Deegan
10. Austin Dyne

GRC Supercars – Classificação após cinco etapas (top5):

1. Nelson Piquet Jr 227 pontos
2. Scott Speed 181
3. Steve Arpin 164
4. Joni Wiman 162
5. Ken Block 155



229151_421547_pp14_cwbteszmario1Já para Pedro Piquet, a manutenção da liderança na F3 Brasil foi menos atribulada. Mais uma vez o piloto Autotrac esteve dominante, liderando todos os treinos, a tomada e todas as 24 voltas da primeira bateria do final de semana no Autódromo de Curitiba.

“Gosto muito da pista de Curitiba e fico contente por volta a vencer. O time fez um belo trabalho aqui. Vamos largar em sexto amanhã e lutar novamente pela vitória”, disse o piloto da equipe Cesário F3, lembrando que a categoria determina inversão das primeiras seis posições do grid para a segunda bateria, prevista para a manhã deste domingo no circuito paranaense.

F3 Brasil – Curitiba 1: (top10)

1. Pedro Piquet 
2. Vitor Baptista
3. Matheus Leist
4. Renan Guerra
5. Lukas Moraes
6. Artur Fortunato
7. Sergio Sette Camara
8. Matheus Iorio
9. Francisco Alfaya
10. Bruno Etman