Irmãos Paludo matam saudade da Porsche GT3 Cup Challenge com os melhores tempos na quinta

Nelson Piquet realiza os testes de pré-temporada e indica o filho Pedro para disputar a etapa de abertura da temporada com o carro #6 na Cup

Previous Image
Next Image

Nelson Piquet

Nelson Piquet

Os irmãos Miguel e Daniel Paludo não perderam tempo em seu retorno à Porsche GT3 Cup Challenge Brasil nesta quinta-feira em Curitiba. Eles foram os mais rápidos do dia nos treinos opcionais, respectivamente com o carro #32 na categoria Cup e o #89 na Challenge.

“Com certeza deu para matar a saudade. Há um bom tempo eu não andava no carro e depois de algumas voltas consegui me sentir mais adaptado. Foi um bom treino, dei 20 voltas ao todo e o tempo foi rápido para nossa condição de pneu. É tênue a linha entre freiar muito ou passar o ponto de freada e travar. Espero trabalhar nisso nesta sexta”, afirmou Miguel Paludo.

Primeiro bicampeão da categoria (2008 e 2009), ele retorna às pistas brasileiras em 2015 na Porsche GT3 Cup depois de mais de 60 provas disputadas na Nascar. “É gratificante retornar para a categoria que me projetou no automobilismo. Trazer um patrocinador americano para cá também tem um gosto muito especial para mim, pois todo mundo sabe o quanto é difícil conquistar um patrocínio e mais ainda trazer um apoio dos EUA para cá”, disse o piloto, que registrou 1min22s166 em sua melhor volta na quinta.

Com o décimo tempo do dia, um sorridente Daniel Paludo foi o mais rápido entre os competidores da Challenge na pista curitibana na quinta. “Fiquei ano passado inteiro parado e hoje a sensação de voltar a acelerar foi fantástica. Ainda tem que aproveitar os treinos de amanhã para readaptar a tocada do carro. Mas saio muito contente da pista hoje. Sentir esse motor trabalhando é uma emoção grande”, frisou o irmão mais velho.

Logo atrás de Miguel com o segundo tempo no geral (marca de 1min22s219), Sergio Ribas emplacou o carro #63 como o mais veloz dos pilotos inscritos na Cup Master. “Tem que aproveitar hoje, porque nos treinos oficiais o time muda. O pessoal que normalmente fica sempre na ponta hoje não estava andando. Tem uma meia dúzia que vem amanhã e faz a diferença. A gente já sabe disso e tem que se divertir no dia que pode”, disse Ribas, bem-humorado.

Ele se disse particularmente contente pelo fato de seu filho ter experimentado o carro da Porsche GT3 Cup na pista da capital paranaense. “Hoje foi um dia especial. Meu filho Guilherme foi convidado para conhecer o carro e fez umas voltas pela manhã. Gostou demais do carro e saiu muito entusiasmado. Eu gostei também, porque no final de 2014 acabei ficando muito atrás nas corridas e hoje consegui andar um pouco melhor. Então realmente o dia me deixou bem contente”, acrescentou o competidor do carro #63, que corre em casa neste sábado.

A jornada em Curitiba marcou também o retorno de Nelson Piquet a um carro de corrida. O tricampeão mundial andou na quarta e na quinta-feira, quando teve uma maior sequência de voltas sem entrar nos pits. Na última sessão de treinos, ele fez 19 giros consecutivos, o que ultrapassa a quilometragem de uma bateria nas etapas da Porsche Cup (com previsão de 25 minutos de prova, mais uma volta). Piquet encerrou o dia com o quarto melhor tempo, 1min22s811.

Mas ainda não será neste final de semana que ele alinhará o carro #6 no grid de largada da Cup. Nesta sexta, o jovem campeão da Fórmula 3 Brasil Pedro Piquet desembarca na capital paranaense para assumir o carro de seu pai na prova de abertura da temporada.

Aos 16 anos de idade, Pedro Piquet foi o mais jovem piloto a competir na categoria e a vencer uma corrida. Ganhou de ponta a ponta a prova da Challenge na preliminar da Fórmula 1 em 2014. “Fico contente em poder guiar o carro da Cup agora. A experiência no ano passado foi muito bacana e espero fazer um bom papel com o carro do meu pai em Curitiba, que é uma pista onde gosto muito de competir”, disse o piloto. Ele já venceu uma corrida neste autódromo em 2015, largando da pole e liderando todas as voltas da prova de abertura da temporada da F3 Brasil.

O livetime da categoria cobre todas as atividades de pista desde sexta. No sábado, a programação será exibida ao vivo pelo portal Terra.

Programação Atualizada – Etapa 1:

Sexta-feira, 6 de março
9h30 – 9h50 – Treino Opcional 1 Parte A – Challenge
9h55 – 10h25 – Treino Opcional 1 – Cup
10h30 – 10h50 – Treino Opcional 1 Parte B – Challenge
11h30 – 12h – Treino Opcional 2 – Cup
12h10 – 12h45 – Briefing – Cup + Challenge
13h05 – 13h25 – Treino livre 1 Parte A – Challenge
13h35 – 13h55 – Treino livre 1 Parte B – Challenge
14h35 – 15h20 – Treino livre 1 – Cup
15h25 – 15h45 – Treino livre 2 Parte A – Challenge
15h55 – 16h15 – Treino livre 2 Parte B – Challenge
16h55 -17h10 – Treino Clasificatório – Cup
17h15 – 17h25 – Treino Classificatório Top 10 – Cup

Sábado, 7 de março:
10h – 10h10 – Treino Classificatório Grupo A – Challenge
10h20 – 10h30 – Treino Classificatório Grupo B – Challenge
10h40 – 11h20 – Corrida 1 (25 min + 1 volta) – Cup
11h25 – 12h05 – Corrida 1 (25 min + 1 volta) Grupo B – Challenge
13h05 – 13h45 – Corrida 2 (25 min + 1 volta) – Cup
13h55 – 14h45 – Corrida 2 (25 min + 1 volta) Grupo A – Challenge
15h – 15h30 – Porsche Experience

Calendário – Porsche GT3 Cup Challenge

7.mar – Curitiba
18.abr – Velo Città
23.mai – Interlagos
27.jun – Velo Città
8.ago – Interlagos
19.set – Goiânia
24.out – Curitiba
15.nov – Interlagos
28.nov – Interlagos