Geraldo Piquet retorna à Fórmula Truck em Curitiba

Após dois vice-campeonatos e mais de uma centena de corridas com um caminhão mais potente e meia tonelada mais pesado, brasiliense quer usar treinos livres para se adaptar logo ao Ford de motor 9 litros

Previous Image
Next Image

O jovem Pedro partiu para a Europa, mas o clã Piquet segue muito bem representado nas pistas nos principais eventos do automobilismo nacional. Ausente da Fórmula Truck desde o final de 2014, Geraldo Piquet retorna neste fim de semana à categoria mais popular do Brasil.

O vice-campeão de 2008 e 2011 vai acelerar o caminhão Fordtrac #3, preparado pela DF Motorsport, escuderia chefiada pelo experiente Djalma Fogaça.

“Será minha primeira corrida com o caminhão Ford. Estou bem empolgado por voltar e dirigir um caminhão de competição, ainda mais em Curitiba onde sempre andei bem e é uma pista que pode acabar. Então será um reencontro meu com a categoria no que pode ser a despedida do autódromo”, disse o brasiliense de 38 anos de idade, que tem no currículo mais de cem largadas pela FTruck.

No ano em que esteve ausente da categoria, Geraldo disputou grandes eventos de mountain bike e uma etapa da Porsche GT3 Challenge, de modo que sabe que a parte física não deve pesar na capital paranaense.

Mas o foco será trabalhar na adaptação do caminhão Ford, que tem motor de 9 litros e é 500 kg mais leve que o outro equipamento que ele sempre pilotou, com motor de 12 litros.

“A potência é bem menor, mas o Ford é 500 kg mais leve. Então teoricamente perco na reta, mas no miolo e nas curvas lançadas o Ford deve ter vantagem. Vou aproveitar ao máximo os treinos para me adaptar e também o formato da classificação que está diferente do que em 2014, quando competi pela última vez”, observou, destacando que ficou muito satisfeito com a pintura do truck #3, que remete ao layout de um dos veículos protagonistas do filme Transformers.

Quanto à expectativa para a etapa, ele mantém os pés no chão e argumenta que a primeira meta é terminar a prova.

“É difícil colocar objetivo porque não conheço ainda o caminhão, a equipe é nova, mudou bastante coisa. Então vamos primeiro concentrar em terminar a corrida, se possível entre os dez. E se vier um pódio será espetacular. Fisicamente estou bem preparado e mentalmente bastante animado”, acrescentou o piloto, que tem patrocínios Autotrac, Cannondale, CIA Athletica e OCE Preparação Física.

A corrida da FTruck em Curitiba é a segunda etapa do campeonato e tem largada previstas para 13h deste domingo, com transmissão ao vivo da Band para todo o Brasil.