Com Nelsinho em Austin e Pedro em Mogi, família Piquet faz dois pódios em provas de Endurance

Sábado foi de segundo lugar no maior campeonato de resistência do mundo e um terceiro no maior certame nacional de provas longas

Previous Image
Next Image

Com uma atuação marcada pela velocidade e regularidade, Nelsinho Piquet obteve seu melhor resultado na temporada-2017 do Mundial de Endurance ao terminar as 6 Horas de Austin, nos Estados Unidos, na segunda colocação da categoria LMP2.

Aliás, por pouco o segundo lugar não se transformou em vitória, depois que os líderes da prova tiveram um problema na luz traseira do protótipo #36 a poucos minutos do fim, e foi necessário um pit stop extra. No fim, Piquet terminou a 20 segundos da liderança.

Nelsinho dividiu a pillotagem do protótipo #13 da Rebellion Racing com o suíço Mathias Beche e o dinamarquês Daniel Heinemeier-Hansson. Depois do segundo lugar do trio no grid de largada da categoria, Piquet Jr. foi o responsável pelo segundo stint da tripulação.

No seu primeiro turno, Piquet Jr. se manteve em segundo lugar, sempre próximo ao líder, e entregou o carro a Heinemeier-Hansson. No entanto, o dinamarquês foi fechado por um adversário, rodou e ficou parado no sentido contrário, perdendo valiosos segundos.

Numa corrida marcada pelo sol forte e um calor de 35 graus, o protótipo #13 chegou a figurar na sétima colocação. Mas, depois de um safety car, Mathias Beche começou a recuperação do trio e subiu para quarto. Nelsinho pegou novamente o carro e o entregou a Heinemeier-Hansson, que caiu para quarto.

Beche reassumiu o carro no começo da penúltima hora e, com um bom ritmo, reconduziu o trio ao segundo lugar. Piquet Jr. voltou à pista no fim e manteve uma diferença tranquila para o outro protótipo da Rebellion Racing, que vinha em terceiro.

Depois da fase americana, a próxima etapa do FIA WEC será realizada no circuito japonês de Fuji, dia 15 de outubro.

Pedro Piquet volta à Porsche Império GT3 Cup em terceiro

Voltando a correr com um Porsche 911 depois de um ano, Pedro Piquet competiu neste sábado na abertura do Porsche Império GT3 Cup Endurance em dupla com Marçal Müller e, de cara, já levou um troféu pelo terceiro lugar.

Pedro foi o segundo a pilotar o carro #5 e no começo a estratégia os deixou mais para trás, mas depois a dupla se recuperou e, mesmo com problemas de câmbio na parte final da prova, ainda foi possível Pedro terminar a corrida.

No próximo fim de semana, Pedro vira novamente a chave para a FIA F3 Euro, com a rodada tripla em Spielberg (Áustria).

O que eles disseram:

“Finalmente conseguimos fazer uma corrida com um grande resultado! Tivemos uma grande sorte com uma entrada do safety car, até que enfim a sorte virou para o nosso lado. O carro estava bom e deu tudo certo, e equipe mereceu o resultado, trabalhou muito bem. Agora faltam três corridas para o fim da temporada e terminar essas provas no pódio seria bom para o fim do campeonato”

Nelsinho Piquet

“Foi muito divertida a prova. A gente optou pelo Marçal largar, o que era um desafio, porque tinha concorrentes bem rápidos no começo. E ele andou muito bem! Depois fizemos algumas paradas a mais no começo, para tentar ganhar vantagem no final e acabamos fazendo uma prova contra o relógio. Tivemos algumas disputas, mas na maioria da prova é você contra você mesmo, tentando poupar o carro e não forçar demais os pneus. Aliás, neste ano os pneus Michelin duram muito mais e tive que adaptar minha guiada comparada com os outros anos, podendo andar muito mais rápido por muito mais tempo. No final tivemos um probleminha no cambio faltando três voltas, mas deu para terminar em terceiro”

Pedro Piquet